11 de set de 2012

Devanlirios Obsclaros

Será que estou a delirar em terra, ou a moldar sonhos?
Nuvens não aderem bem ao concreto... Preciso de mais massa pra sonho. Doce, provocativamente.
Masoquismo ingênuo, em seus lindos olhos incógnitos.

Atirei a primeira pedra, ela quicou e cuspiu na minha cara. Somos todos pó, e o fim é certo.
Minha cama fere, e me orgulho de cada espinho.
Masoquismo intermediário, e orgasmos múltiplos.

... Ah, vida inebriante! Tenra bebida amarga, revela-te ó pobre mortal! Minha espada é ferina, e seu coração, do puríssimo ouro. Em minha realeza você é bem quisto, sim!
... Cuide-se, pois sinto fome.
Masoquismo avançado, sentimento sem sutura e pouco confiável.