24 de nov de 2003

Sinto falta de você passar a mão nos meus cabelos, do seu sorriso, seu olhar... De me perceber cuidada por você, de cochilar em seus braços, e te guardar nos meus... Sinto falta de ouvir música ao seu lado, abraçados em minha cama... de sentir seus braços ao meu redor... Sinto falta de lhe acordar todas as manhãs, de lhe dar boa noite, lhe cobrir, deligar a luz e fechar a porta...

Sinto falta de briguinhas bobas... de te chamar de "Bobo" só por eu estar sem graça... de ouvir você dizer "Olha só que bunitinha a minha namorada sem graça... linda linda ela"... De dizer "Vou pra casa, meu namorado está me esperando..."... De jogarmos Lara Croft e Doonkie juntos, formando nossa equipe... Da gente conversar sobre diversos assuntos e eu me sentir a mais estúpida do mundo, pois você conhece muito mais coisas que eu...

De ouvir você cantando Sparrow "Not I, said de Oak Tree!" e Wuthering Heights "Heathcliff, It's me, Cathy... Come home, I'm so cold! Let me in a your window..." pra mim...

Sinto falta de esperar o ônibus contigo e de observar seu rosto vigiando para ver se o ônibus chegou... Sinto falta de ouvir você dizendo "deixa eu carregar isso para você?" e acabar carregando tudo, me deixando somente abraçada contigo...

Sinto falta de ouvir seu sotaque forte, enfático... que estava quase misturado com o meu... sinto falta de passar horas fazendo meus trabalhos e dicutindo a Gestalt-terapia, o Humanismo contigo e lhe ver fascinado pela psicologia (ou pela futura psicóloga empolgada que estava a falar sobre estes assuntos)... sinto falta de lhe ver cantando aquelas músicas bregas só para me fazer rir...

Sinto falta de almoçar contigo, de tomar café contigo... De ouvir você falando sobre os inúmeros filmes que você já viu e dizer "Orra amor, nunca viu? Não acredito..." e eu ficar indignada pela tiração de sarro... Sinto falta de falar sobre o U2 para você, lhe mostrar as músicas e você parecer empolgado pelo que eu estou dizendo... sinto falta de lhe ensinar a tocar... de ouvir você pegar a minha viola só pra tocar "come as you are" e eu rir de você, por você ser bobo...

Sinto falta de dizer "eu te amo, quero passar minha vida contigo..." olhando em seus olhos... sentindo o gosto de sua boca, o cheiro de seus lábios, de seu pescoço, de seu corpo...

Você me ensinou muito... mas não me ensinou a não sentir saudade...

Saudades suas... te amo Lauro... muito.

Eu apenas queria dizer que hoje não sou mais o mesmo de ontem,
que sei que o seu amor é verdadeiro
e que sem você não sou inteiro.
Eu queria dizer que amo e por amar não posso ficar sem você...

Queria também mostrar minha verdadeira face,
aquela que chora,
aquela que sente.
Queria também mostrar a minha face que mente,
por medo de possuir pecado,
por ser inconsciente de minha real capacidade.

Como eu queria que você
também visse ao meu lado esta palmeira,
fosse brindada com o despertar dos girassóis
e se sentisse seduzida pelo encanto de um beija-flor.
Como eu queria que você estivesse aqui,
e ao meu lado fazer você sorrir,
e ao sorrir fazer você cantar,
e ao cantar fazer você amar,
e ao amar levar você ao paraíso,
e ao levar você ao paraíso
descobrir ao seu lado que o universo nos dá

Te amo... como eu queria que estivesse aqui.