17 de set de 2012

Insônia

Eu penso que a nossa noção e formação moral deve ser um construto, um conjunto de várias regras sociais. Se dizem que cada ser humano é único, porquê não a moralidade?

Uma vez eu disse a um amigo que se fôssemos menos morais, seríamos mais românticos, e consequentemente mais felizes. Ah, meu mundo por um beijo! Ou por uma risada, que fosse. Mas as etiquetas nos podam, sugam... E  cospem.

Quer saber? Foda-se e senta pra me ouvir.

Pra mim um amor nunca morre, a paixão é a essência da vida e sua alma não pertence a ninguém.

Também acredito que a única coisa que você deve seguir é o seu coração (foda-se eu já disse) seguindo três regras básicas: o que te faz bem, o que faz o outro bem e os limites individuais.

Condeno sob meus preceitos, absolvo por espontaneidade.

Cada indivíduo é unico, em suas manias e medidas... Nenhuma entrelinha inclui um outro ser humano no pacote.

E o principal: intensidade e maturidade.

Pedra, flores e espinhos na saída, por favor.