8 de ago de 2012

Dez.

Aos nossos 10 anos.

[tempo]
... e foi assim, através de linhas serifadas que houve a magia.
Ela se encantou por ele... E ele por ela.
Saudade, euforia e o adeus, assim por muitos anos.

Até que o gelo quis se tornar fogo
E assim se fez.

Dez. o que não mais faz diferença, mas conta.
Rugas, rusgas, sorrisos, lágrimas e tempo.
Não há o que descreva o que houve neste interim...

O 'eu' dentro dele sabe do 'eu' dentro dela.
... E o imensurável? Isto é o que os outros contam.
Basta o que está aqui.

O que eles sabem, o que sentem e o que vão levar para vida toda.
[/muito tempo]