25 de nov de 2004



"Todos os dias é um vai-e-vem
A vida se repete na estação
Tem gente que chega pra ficar
Tem gente que vai pra nunca mais
Tem gente que vem e quer voltar
Tem gente que vai e quer ficar
Tem gente que veio só olhar
Tem gente a sorrir e a chorar"

O trem que chega é o mesmo trem da partida... É assim, chegar e partir. São só dois lados da mesma viagem, a hora do encontro é também despedida.

Uma coisa que gosto é poder partir sem ter planos... Melhor ainda é poder voltar quando quero. Sem ir, nem vir!

É a vida!

... Me dê um abraço, venha me apertar... Tô chegando!

M. Nascimento e F. Brant - Encontros e Despedidas (adaptado)

Ps* Não tenham medo de falar comigo, eu com certeza não vou morder! Ah, e a pressa é a inimiga da perfeição mesmo, tanto que nem reconheci a Alegria, desculpa moça =(