26 de ago de 2012

Meu direito de não amar.

Funciono de outra forma.
Aceitei isso.

Misantropia.
... Ou o direito de não amar.
Ou de amar demais, vai saber...

Prezar amizade, sorver amores, sorrir.
De repente, tormenta.
Isolamento, torpe e melancolia.
Meu conforto, e morada.

É o meu estado natural.
Misantropia
- O meu direito de não amar.