29 de jul de 2003

Saudade.

A palavra é esta. Sentir a falta do ser amado... dor insana que rasga o peito, dilacera a alma... só não é em total insuportável pois sei que sou esperada, e espero... espero por ele, aguardo o dia em que finalmente serei tomada como esposa, para o resto de nossa vida.

O tempo é cruel, passa em rápidas rajadas quando se está perto, e se arrasta como em uma eternidade quando se está longe. Ah tempo meu, como gostaria de poder mudá-lo, para que logo o momento de estar perto do meu amado chegasse...

Mas não reclamo. Sou muito feliz, pois (como poucos) encontrei a pessoa certa. E eu o amo... infinitamente o amo... mais do que posso conceber ou imaginar... e porque eu o amo? Não sei, simplismente... amo.

Lauro, amado meu... lindo sonho que alimenta minha alma... te amo...

"Quero ouvir uma canção de amor, que fale da minha situação. De quem deixou a segurança de seu mundo por amor..."

Bom, hoje é aniversário da minha mãe!!! Feliz níver mãe, te amo!!!!! Que a sua vida seja de pura dádiva e felicidade... obrigada pelo que sou hoje... tudo devo a você. Parabéns!!!

E agora é txauz, beijo à todos!