5 de set de 2002

"...Yara... eu já escrevi tanto sobre o nosso amor... sobre o quanto você é importante para mim e sobre o quanto você mudou minha vida... mas não canso de falar não... ^_^...



Quando eu me lembro do começo eu fico rindo... eu e você... só se falando por palavrinhas e todo tímido... a gente nem se conhecia direito e a Megumi e o Lawrent ficavam empurrando a gente um pra cima do outro (obrigado, meus grandes amigos!!!), então foi indo... troca de e-mails... telefone... cartas... e creio que nunca vai parar... essa grande energia que corre por nós sempre estará aqui... cada vez mais forte... cada vez maior... sempre!



Todo dia eu vou dormir agradecendo a Deus por você existir e acordo pensando em como será bom o nosso tão aguardado encontro... pois você sou eu... se o meu coração pulsa, é por que você deixa ele pulsar... se eu sorrio, é por que você está aqui... eu nunca tinha antes imaginado uma mulher como você... de tanto terem colocado na minha cabeça que as mulheres gostam de sofrer, tem que pisar, ficar... eu nunca achei que encontraria alguém, pois o que eles diziam não entrava na minha cabeça... eu não queria alguém assim! Mas eis que você surge... como que num passe de mágica, e supre todas as minhas necessidades... uma garota, meiga, carinhosa, que sabe me fazer rir quando meu coração dói, e soube fazer o mais difícil... me re-ensinar a amar... remendou meu coração e o deixou melhor do que novo... secou minhas lágrimas e reviveu meus sonhos... fez-me acreditar na vida! Na beleza do amor... ah, como sou grato à você por isso... não imagina o quanto...



Seja sempre assim... a garota que eu amo... pelo que é... e não pelo que o mundo quer que você seja... pelo que é... e não pelo que deseja ser... pelo que é... e por nada mais...



Mais um poema (nosso dessa vez):





Nosso tempo





Tão longo

Tão rápido

Tão intenso

Tão nosso

Tudo belo

Tudo simples

Tudo grande

Tudo forte

Tanto sonho

Tanto carinho

Tanta saudade

Tanto amor

À você... Yara

Agradeço...

Sempre e agora

Por ser...

Por estar...

Por existir...

Comigo...





Um mês... o primeiro de uma eternidade...



EU TE AMO..."



Te amo quanto quanto Lau!!